Blog

 

Diogo Santos

Por Diogo Santos, Engenheiro Top Componentes

Desafios da manutenção industrial na pandemia

manutenção industrial na pandemia

Nunca foi tão importante a gestão de manutenção industrial na pandemia.

A crise provocada pela pandemia do novo coronavírus causou fortes impactos na indústria mundial e no setor de manutenção das empresas.

Dentre os diversos problemas causados, a incerteza no cenário mundial fez com que os empresários ficassem mais cautelosos com os gastos.

Desse modo, muitas empresas deixaram de investir em manutenção.

No entanto, as empresas que descuidaram da manutenção industrial na pandemia vão sendo deixadas para trás pela concorrência.

Assim como a falta de manutenção no setor de transporte rodoviário pode ser fatal, nas indústrias, também pode trazer sérias consequências.

  • produtos de má qualidade
  • fabricação mal planejada
  • vida útil dos equipamento menor
  • tempo de fabricação maior
  • consumo energia maior
  • riscos de acidentes
  • perda de produção

A seguir, vamos abordar setores importantes que merecem atenção e que, se bem conduzidos, ajudam a enfrentar as crises sem maiores problemas.

 

  • Gestão de matéria-prima

manutenção industrial na pandemia (2)

Com a paralisação das atividades da indústria, a falta de matéria-prima e insumos, assim como a alta de preços, vem sendo um grande desafio.

Uma boa gestão de matéria-prima prepara para situações inesperadas e auxilia o gestor a aperfeiçoar os investimentos em estoque e cuidar para que não falte material em nenhuma etapa de produção ou manutenção.

Ela abrange o monitoramento da linha de produção, controle de estoque, fluxo de entrada e saída, muita organização e planejamento.

Na gestão de matéria-prima, usar da tecnologia disponível atualmente dinamiza processos e os torna mais precisos.

Ainda nesse contexto, é importante reforçar a necessidade de se ter parcerias confiáveis e contar com alternativas aos seus atuais fornecedores.

Com a pandemia, muitos países ficaram com a sua produção limitada e toda estrutura logística foi afetada.

Contando também com parceiros nacionais, sua indústria não sofre grandes perdas, pois o prazo e disponibilidade de entrega não são afetados.

 

  • Inovação e novas tecnologias

IA na Indústria

De olho no futuro, a inovação é fundamental para trazer novas soluções para o gerenciamento de processos, vendas e demais áreas de uma empresa.

Um departamento especializado que transite por toda a empresa, pesquisando e encontrando novas soluções, mais eficazes, rápidas e com menor custo é questão de sobrevivência para as empresas.

A tecnologia também é tendência na gestão de manutenção industrial. Muitas empresas já adotam o uso de Internet das Coisas para monitorar o desempenho de máquinas e equipamentos, detectando possíveis falhas de funcionamento, antes que seja necessário paralisar a produção.

Com a crise causada pela pandemia, as empresas que já investiam em inovação, com certeza, saíram na frente.

O setor de e-commerce – comércio eletrônico – das grandes redes varejistas é um ótimo exemplo disso.

Empresas que não investem em inovação estão destinadas ao fracasso, uma vez que as mudanças acontecem com muita velocidade.

 

  • Mão de obra qualificada

Antes da pandemia, obter mão de obra qualificada para o setor de manutenção era um desafio, agora, tornou-se um problema ainda maior.

Com muitas empresas tendo que demitir seus funcionários, os gestores optam por manter os profissionais capacitados e que possuam experiência no setor de máquinas para reduzir ao máximo os custos e riscos de acidentes.

Mesmo com a automação e as novas tecnologias em alta, o aspecto humano ainda é essencial entre os processos de manutenção, planejamento e controle, visto que o conhecimento é necessário e indispensável.

Sendo assim, a equipe de manutenção deve ser qualificada para cumprir e desenvolver todas as atividades com eficiência e rapidez, atendendo às demandas e prazos.

Treinar e capacitar os funcionários, assim como preparar os gestores para uma atuação cada vez mais estratégica e alinhada ao negócio, é fundamental.

 

  • Gestão de manutenção industrial

Essencial nas indústrias para garantir o perfeito funcionamento de todo o processo, a gestão de manutenção industrial não se resume só ao conserto de equipamentos.

O estudo de manutenção deve ter uma visão sistêmica, com o mapeamento de equipamentos e processos, seguindo um cronograma de manutenção preventiva, preditiva e detectiva.

Para a gestão de manutenção industrial  é imprescindível que determinados erros deixem de acontecer. Por exemplo, no setor aéreo, uma falha não detectada no sistema pode ser fatal.

Nesse sentido, existem métodos que preveem as falhas mesmo antes que aconteçam.

Com um sistema de manutenção moderno, a gestão das máquinas e equipamentos se torna mais precisa e estratégica. Com ferramentas de controle usadas para prever desgaste de peças, utilização de insumos, lubrificação e tudo que é importante para manter os equipamentos em perfeito estado de conservação e funcionamento.

Como você pode observar, todos os aspectos citados acima refletem diretamente nos resultados da empresa.

Por fim, com o término da pandemia e a retomada do setor industrial, haverá aumento da operação dos equipamentos para atender as demandas, portanto o impacto da manutenção se torna ainda mais importante.

O aumento da demanda vai exigir soluções modernas na gestão de manutenção industrial, otimização de processos e atualização sobre as tendências no setor de manutenção industrial.

Se você gostou dessas sugestões, acesse nosso blog e obtenha mais conteúdos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *