As siglas fazem parte do nosso dia a dia, mas nem todas as pessoas conhecem seu significado. Elas são abreviaturas formadas por iniciais de uma palavra que representam o nome de uma organização, indústria, entidade comercial, entre outras.

O problema é que, muitas vezes, nos deparamos com siglas que nunca vimos antes e temos que entender o seu significado. Da mesma forma, no segmento industrial seus colaboradores devem conhecer cada sigla referente a determinado produto, documento e outros.

Ao contratar seus funcionários, as indústrias oferecem cursos de capacitação para o entendimento das siglas, além de outros conhecimentos que fazem parte do treinamento. No post de hoje vamos mostrar algumas siglas e seus significados do universo industrial.

Conhecendo algumas siglas do segmento industrial

 

ABC – Custeio de Atividade

 O ABC é conhecido no ramo da indústria como sistema de custeio que possibilita o conhecimento mais amplo dos custos por meio de pesquisas das tarefas desenvolvidas pela organização.

O sistema busca saber quais atividades exigem mais recursos da empresa e realiza a comparação de cada uma. Sendo assim, é possível descobrir qual o produto mais caro para a indústria. Sua função maior é controlar a lucratividade por meio da análise dos custos.

ABC – Classificação

 Essa técnica de classificação é aplicada nos parâmetros de demanda e valor e os produtos são reunidos em três classes dentro da Análise de Pareto. Esse método mostra que o objetivo dessa divisão é buscar estratégias que precisam de menos recursos e que apresentam lucratividade maior.

AIS – Sistema de Informações Automatizado

 Todo sistema de informação tem por objetivo controlar as informações sem a intervenção humana. Estes sistemas são capazes de:

  • Coletar dados;
  • Armazenar informações;
  • Processar e analisar;

Os sistemas possuem tecnologia avançada que permitem controlar todas as informações com total segurança, de modo que chegue ao gestor e colaboradores em menos tempo.

 APS – Advanced Planning

 O sistema APS tem a função de dar continuidade dos comandos de produtividade, criar sistema de produção de modo seguro e prático. O APS analisa diferentes situações que possam ser positivas para o setor, a fim de reduzir custos e perdas e obter ganhos como:

  • Aumento na produtividade;
  • Mão de obra direta;
  • Diminuição de perdas;
  • Automatização de compras e vendas;
  • Redução de custos desnecessários.

ATO – Montagem sob encomenda

 Esse estilo de produção tem como principal objetivo intercalar a produtividade puxada e empurrada, ou seja, estocar produtos de maior demanda, permitindo a redução do estoque.

OP – Ordem de Produção

 Trata-se do sistema que conta com funções destinadas para a produção de determinado produto. O processo é realizado por meio de documentos que fornecem os dados precisos para a fabricação. Para saber mais, clique aqui.

Essas são algumas das siglas utilizadas por gestores e colaboradores do segmento industrial, fator muito importante que todos que fazem parte dela devem ter conhecimento para o melhor desempenho da organização.

A Top Componentes é uma empresa especializada em comércio de equipamentos industriais, assim como o acoplamento magnético, entre muitos outros. Por ser uma empresa que cumpre com o que promete aos seus clientes, tornou-se uma das mais conceituadas no mercado da indústria. Entre no site e confira.

Posts Relacionados